Olá | Sair
Olá | Sair
O QUE VOCÊ PROCURA?

Notícias

Viver a Vida é estar informado sobre a vida ao seu redor. Notícias sobre os assuntos mais relevantes da atualidade e sobre temas que dizem respeito ao universo da maturidade.

Família moderna: como é a nova relação entre netos e avós?

Família moderna: como é a nova relação entre netos e avós? - Viver a Vida

Hoje em dia, os avós são mais jovens, mais modernos e envolvidos de novas maneiras com seus netos. Com a internet e as novas dinâmicas familiares, a relação entre netos e avós, em muitos aspectos, também se transformou – embora o valor e o significado desse relacionamento permaneçam em qualquer cenário. Quer saber mais detalhes sobre a família moderna: como é a nova relação entre netos e avós?

De acordo com levantamento, das 7,6 bilhões de pessoas do mundo, 1,4 bilhão – ou seja, 18% -, são avós. Os avós de hoje desempenham papéis vitais e cada vez mais indispensáveis na vida familiar moderna, contribuindo para o bem-estar de seus filhos e de seus netos.

Os avós sempre foram parte integrante importante da vida familiar. Durante o último meio século, entretanto, seus papéis evoluíram como resultado das mudanças demográficas, econômicas, sociais e tecnológicas que ocorreram em todo o mundo.

Continue a leitura. A seguir, vamos falar mais sobre como é a nova relação entre netos e avós e seu papel na família moderna. Acompanhe.

Mudanças na família moderna e a relação entre netos e
avós

Por que os avós estão desempenhando um papel cada vez mais importante na criação da próxima geração? Vários pontos levaram a mudanças nessa dinâmica.

Hoje, vivemos mais. A expectativa de vida elevou-se, assim como a qualidade de vida. Os avós tendem a ser mais saudáveis e ativos atualmente do que há algumas décadas. Isso faz, por exemplo, com que as brincadeiras e as atividades na relação entre netos e avós possam ser mais versáteis.

Outro ponto é que a família moderna mudou. Os núcleos monoparentais (formados por apenas um dos pais e o seu filho) são cada vez mais comuns. Nessa configuração, o papel dos avós pode ser ainda mais ativo na rotina de seu neto. O mesmo ocorre em função de os pais trabalharem cada vez mais fora de casa o que, muitas vezes, demanda um envolvimento maior dos avós no acompanhamento diário dos netos. 

Desenvolvimentos tecnológicos da medicina, como os da área da reprodução assistida, trouxeram a possibilidade em crescimento de se ter a chamada maternidade tardia. Com isso, nesses casos, o nascimento do filho ocorre de forma mais programada, em um momento de mais estabilidade e disponibilidade dos pais da criança. Nessas situações, o
envolvimento dos avós também pode assumir novas nuances, com o compartilhamento de experiências e uma atuação menor em cuidados diários e mais em momentos de lazer e diversão com os netos.

 Assim, na família moderna o papel dos avós pode ter algumas variações, porém a relação entre netos e avós permanece tão relevante e importante quanto antes. 

Tecnologia a favor da relação entre netos e avós

A era digital está tornando a comunicação ainda mais fácil na relação entre netos e avós. Antes, a distância física poderia limitar os contatos. Agora, com ferramentas como WhatsApp, FaceTime e Skype à disposição, é possível manter a conexão sempre ativa e um contato mais frequente com a família.

Naturalmente, essa não é uma substituição para a interação pessoal, mas é uma maneira de se permanecer conectado e se fazer presente na vida do neto de onde se estiver.

Novo perfil dos avós da família moderna

Novas dinâmicas na relação entre netos e avós também ocorreram porque o perfil dos avós mudou.

Uma pesquisa internacional feita com avós revelou alguns dados interessantes sobre esse perfil, incluindo:

43% fazem exercícios ou praticam esportes;
71% dizem que ler é uma de suas atividades favoritas;
75% estão online;
30% utilizam ferramentas de mensagem instantânea;
60% ainda têm um emprego em período integral ou parcial;
2% já fizeram paraquedismo.

Dados como esses ilustram a realidade de avós cada vez mais ativos, conectados e dispostos a viverem a vida de forma mais plena. E isso reflete na relação entre netos e avós. Muitos jogam videogame juntos, fazem viagens, conversam online e trocam dicas e experiências, enriquecendo as interações e o relacionamento. 

Também cabe destacar que, com o incremento em longevidade, há maior vivência entre as três gerações: pais, netos e avós. E isso permite um ambiente ainda mais acolhedor e completo para as crianças e de companheirismo e apoio para os adultos.

Novos tempos, mesma importância

Mesmo com as mudanças e novidades do cenário atual, certas coisas persistem. Os avós continuam sendo importantes para compartilhar histórias de família, experiências e valores com seus netos.

 Além disso, o envolvimento dos avós na educação de uma criança aumenta seu bem-estar. Com a mudança dos padrões familiares, o aumento da expectativa de vida, o número cada vez maior de famílias com trabalhadores duplos e maiores taxas de desagregação familiar, os avós estão desempenhando um papel cada vez maior na vida dos netos.

De fato, uma pesquisa realizada pelo Departamento de Política e Intervenção Social do Reino Unido apontou que um alto nível de envolvimento dos avós aumenta o bem-estar das crianças. O estudo mostrou que aquelas com um bom nível de envolvimento dos avós em sua vida desenvolviam menos problemas emocionais e comportamentais, por
exemplo.

Relação entre netos e avós: benefícios valiosos para as duas partes

Os avós podem ser uma fonte de aprendizagem de conhecimentos básicos, fonte de inspiração e de educação prática, do desenvolvimento de habilidades importantes, como a empatia, e de convívio com pessoas diferentes e valorização dessas diferenças. Ainda, eles são guardiões que carregam e transmitem histórias de família que contribuem para o senso de pertencimento, desenvolvimento de identidade e valores de seus netos.

E os avós também aprendem com essas trocas, desde dicas para utilizar apps até novas formas de demonstrar e receber carinho. Muitos também se exercitam regularmente, caminhando, dançando e praticando esportes com os netos, o que contribui para sua saúde e bem-estar.

E mais: de acordo com um estudo do Boston College uma relação emocionalmente próxima entre avós e netos está associada a menos sintomas de depressão em ambas as gerações.

Como vimos, o papel dos avós na família moderna é mesmo o de serem avós, com toda a carga de carinho, amor e apoio associada tradicionalmente a eles. Mudanças na configuração familiar, novas tecnologias e outros fatores trazem mudanças para o cenário. Mas isso não quer dizer que a relação entre netos e avós fique em segundo
plano. Pelo contrário. Ela é cada vez mais importante e benéfica para todos os envolvidos.

E para você, como é a nova relação entre netos e avós na família moderna?

+ vistos

Notícias

Descubra os conteúdos mais acessados pelos usuários Viver a Vida na última semana

Viver a Vida by Falcão – Música - Viver a Vida

Viver a Vida by Falcão – Música

Se você achou que já passou da época de aprender um instrumento, o @cantorfalcao […]

Aperte o play e entre no clima Viver a Vida - Viver a Vida

Aperte o play e entre no clima Viver a Vida

Viver a Vida é um novo espaço de conexão para pessoas que desejam viver sua […]