Olá | Sair
Olá | Sair
O QUE VOCÊ PROCURA?

Saúde

Viver a Vida é qualidade de vida. Matérias e conteúdos com foco em bem estar e saúde, com dicas e novidades sobre alimentação, atividades físicas, cuidados e prevenção de doenças, entre outras coisas.

9 dicas para adotar uma rotina saudável depois da aposentadoria

Tempo de leitura: aproximadamente 14 min.

9 dicas para adotar uma rotina saudável depois da aposentadoria - Viver a Vida

Manter uma rotina saudável é recomendável e apresenta ganhos em todas as etapas de nossa vida. Na aposentadoria, isso torna-se ainda mais importante para um dia a dia repleto de bem-estar, equilíbrio e realizações.

Com o início da aposentadoria, está o momento de desenhar novos hábitos e garantir mais saúde e qualidade de vida para os seus dias. Esse é um período para descobertas, ajustes, mais autocuidado. É hora de se permitir. 

Então, para dar início a esse projeto, continue a leitura e confira algumas ideias de como adotar uma rotina saudável depois da aposentadoria. Vamos lá?

Dicas para criar uma rotina saudável na aposentadoria

Uma rotina saudável na aposentadoria envolve praticar exercícios, alimentar-se bem, fazer os exames períodos, mas também buscar momentos de relaxamento, lazer, diversão, aprendizado e socialização.

É importante buscar uma abordagem holística, que contribua para a saúde emocional, do corpo e da mente. Para começar a promover essas mudanças, confira as dicas a seguir.

1. Pratique exercícios físicos 

A prática de exercícios físicos é uma recomendação importante em qualquer momento da vida, já que ajuda a manter o corpo em movimento e funcionamento sadio.

Além de ajudarem no controle do peso, as práticas físicas colaboram no fortalecimento muscular, na vitalidade do sistema imunológico, na manutenção da saúde mental e na prevenção de diversas doenças. Grandes benefícios, não é mesmo?

Mas, antes de iniciar a prática de qualquer exercício, não deixe de passar por uma avaliação profissional qualificada. É importante identificar quaisquer restrições, as modalidades e intensidades adequadas dentro do seu quadro para uma prática segura e realmente benéfica.

Ainda, esteja atento ao tipo de exercício que funciona melhor para você. Muitos de nós aprendemos que os exercícios são para perder peso, quando na verdade são muito mais do que isso.

Dessa forma, ao iniciar uma prática, esteja ciente dos tipos de objetivos que você tem em mente para uma rotina saudável. Você está interessado em trabalhar sua força? Ou talvez melhorar o equilíbrio? Então, talvez a prática de exercícios cardiovasculares não seja a melhor opção para você, mas a prática de ioga poderia ser mais prazerosa e alinhada com seus objetivos. 

2. Mantenha uma alimentação equilibrada

O acompanhamento nutricional faz toda a diferença para um organismo forte e saudável, sendo uma prática indispensável entre o público com mais de 50 anos. Quem sabe este até não é o momento de você se aventurar na cozinha e experimentar umas receitas mais fitness?

Para começar, consulte um profissional da nutrição e estabeleça uma rotina saudável de alimentação rica em nutrientes essenciais para o bom funcionamento de seu corpo. Priorize saladas, vegetais, frutas, grãos integrais e carnes magras. Evite ao máximo produtos processados, ricos em conservantes ou em gorduras e comece a perceber os resultados dessas melhorias em sua dieta alimentar.

3. Comece um projeto criativo

Muito da sensação de bem-estar e satisfação se relaciona com nossa criatividade, com fazer algo novo, em desenvolver projetos inéditos em nossa vida. E a boa notícia é que há inúmeras formas de ser criativo. 

Você pode experimentar fazer jardinagem, criar um grupo no WhatsApp para compartilhar dicas de leituras com os amigos, aprender a cozinhar, começar a escrever uma história própria – todas essas e muitas outras práticas são formas criativas que podemos usar para nos expressar e desenvolver um projeto pessoal. 

4. Faça exames de rotina

Estabelecer uma rotina de exames e consultas médicas é essencial para que você identifique fragilidades e potencialidades do seu organismo.

Os checkups devem ser levados a sério, sendo repetidos de forma periódica. Não negligencie, nem deixe para depois: isso lhe dará mais segurança e qualidade de vida. 

5. Exercite a sua mente

Não é só o seu corpo que precisa de exercícios: sua mente também merece uma dedicação especial para garantir uma rotina saudável e empolgante depois da aposentadoria.

Manter a mente desafiada e trabalhando em atividades que beneficiem sua saúde, é possível inibir as chances do surgimento de doenças somáticas ou derivadas do estresse.

Busque práticas terapêuticas, faça exercícios de memória e, se for o caso, não deixe de investir em uma ajuda profissional.

6. Experimente fazer meditação

Uma rotina saudável está relacionada ao equilíbrio entre corpo e mente e ao controle de nossas emoções. E a meditação é uma ferramenta incrível para liberar o estresse e a atenção plena, nos ajudando a evitar ansiedade e a manejar melhor o que pensamos e sentimos.

Ainda, pesquisas, como um estudo da Universidade Goethe, na Alemanha, mostraram que a meditação fortalece o hipocampo, a área do cérebro que é importante para a memória, e retarda o declínio das áreas cerebrais responsáveis por manter a atenção.

Embora possa parecer desafiador no início, logo você descobrirá que seu corpo aceitará o descanso das preocupações diárias proporcionado por essa prática. Mesmo que seja por apenas cinco minutos, dar um descanso à sua mente é uma das melhores técnicas de relaxamento.

7. Procure socializar todos os dias

Você sabia que, conforme estudos, a solidão pode ser mais nociva e até fatal do que problemas como a obesidade? Somos seres sociais e temos necessidade de nos mantermos em conexão com outras pessoas. 

Vivenciar momentos felizes com quem gostamos é uma parte importante para uma rotina saudável. Quando nos aposentamos, perdemos o estímulo social diário trazido pelo trabalho. 

Então, na aposentadoria, é preciso buscar novas ocasiões para isso. Você pode fazer aulas de dança, frequentar um clube, envolver-se com atividades em sua comunidade, fazer happy hour com os amigos – escolha o que lhe faz bem e coloque em prática!

8. Adote uma rotina regular para dormir

A aposentadoria pode representar um convite para um sono mais desregrado, para acordar e dormir cada dia em um horário diferente. Mas saiba que isso não é benéfico.

Um horário de sono irregular pode causar irritabilidade, sonolência, alterações de humor, problemas de concentração e de memória, dores de cabeça e, até mesmo, um declínio nas habilidades cognitivas. Portanto, para ter uma rotina saudável, procure priorizar sua rotina de sono.

9. Não se cobre em excesso

Adotar uma rotina saudável depois da aposentadoria é um autocuidado que você merece, é uma oportunidade de usufruir e extrair felicidade dessa nova fase de vida. Claro, criar e manter novos hábitos não é algo que ocorre do dia para a noite, é algo que se constrói dia após dia. Então, tenha seus sonhos e metas em mente, porém, não se cobre excessivamente.

Acima de tudo, lembre-se de dar a si mesmo tempo para lidar com as novas mudanças. É perfeitamente normal dar um passo de cada vez. Que tal começar a dar o primeiro passo dessa nova e empolgante jornada agora?

Deixe um comentário compartilhando suas ideias, receios e projetos para ter uma rotina saudável. Escrever sonhos e metas é uma forma de começar a tirá-los do mundo das ideias para realizá-los. Aguardamos a sua mensagem.

+ vistos

Saúde

Descubra os conteúdos mais acessados pelos usuários Viver a Vida na última semana

Abrindo a mente (e o corpo) para os Grandes Elementos - Viver a Vida

Abrindo a mente (e o corpo) para os Grandes Elementos

Vamos começar respirando fundo pra esse começo de viagem. Se você é mais conservador […]

Alimentos que nutrem: Dicas de combinações poderosas para deixar a sua alimentação mais saudável - Viver a Vida

Alimentos que nutrem: Dicas de combinações poderosas para deixar a sua alimentação mais saudável

Um aprendizado que 2020 nos trouxe foi a necessidade e a importância de nos preocuparmos […]

Sem tabus: libido e o sexo permanecem após os 60 anos. - Viver a Vida

Sem tabus: libido e o sexo permanecem após os 60 anos.

Embora muitos acreditem que sexo é coisa para jovens e adultos, ele também é […]