Olá | Sair
Olá | Sair
O QUE VOCÊ PROCURA?

Saúde

Viver a Vida é qualidade de vida. Matérias e conteúdos com foco em bem estar e saúde, com dicas e novidades sobre alimentação, atividades físicas, cuidados e prevenção de doenças, entre outras coisas.

Por que o Pilates conquistou um público fiel entre os mais velhos?

Por que o Pilates conquistou um público fiel entre os mais velhos? - Viver a Vida

Diante de seus benefícios, o Pilates atinge públicos de todas as idades. A prática é considerada uma das alternativas mais inteligentes para o desenvolvimento da saúde do corpo e da mente – especialmente entre o público com mais de 50 anos. Vamos descobrir por que o Pilates conquistou um público fiel entre os mais velhos?

Muito mais do que uma atividade física, o Pilates se transformou em um estilo de vida e uma oportunidade para o autodesenvolvimento. Os exercícios são bem-fundamentados e possibilitam melhoras significativas na qualidade de vida e no bem-estar dos praticantes.

A possibilidade de adaptar os exercícios para atender às diferentes necessidades, junto com os muitos benefícios do método Pilates – como níveis aumentados de força, equilíbrio, flexibilidade, tônus ​​muscular, e resistência -, tornam essa uma prática convidativa e vantajosa para pessoas a partir dos 50 anos. De fato, o criador do método, Joseph Pilates, manteve essa prática em sua rotina até os oitenta anos.

Então, que tal descobrir mais sobre os motivos que fazem do Pilates uma prática tão interessante para a faixa dos 50+? Continue a leitura e saiba mais sobre o tema!

Como surgiu o método Pilates?

Ainda que para muitos a prática do Pilates seja uma novidade, é importante sabermos que o método é bastante antigo e trabalha com importantes princípios do condicionamento físico.

A metodologia foi desenvolvida em 1920 pelo alemão Joseph Pilates – enfermeiro que detinha muito conhecimento a respeito do corpo e de seus movimentos. Isso ocorreu durante a Primeira Guerra Mundial, quando Joseph equipou camas de hospital com molas para permitir que os pacientes acamados também pudessem se exercitar. Essa inovação levou ao design do Reformer, aparelho que ainda hoje é usado no Pilates, mesmo por pessoas que não conseguem andar.

Dentre os princípios do método, estão o fortalecimento, a reabilitação e a flexibilidade muscular. Sua prática prioriza o bem-estar corporal, utilizando recursos que trabalham o condicionamento físico sem causar danos ou outros prejuízos à saúde do corpo.

Como funciona o método Pilates?

A premissa básica do método Pilates é o desenvolvimento do bem-estar corporal, equilibrando a saúde do corpo e da mente. Sua base pode ser percebida por meio de 6 princípios centrais. São eles:

Respiração: trabalha o processo de inspiração e expiração em conjunto com o desenvolvimento dos exercícios;

Concentração: estabelecendo foco no desenvolvimento de cada movimento;

Controle: representando nosso poder em relação ao nosso próprio corpo;

Fluidez: com movimentos leves e inteligentes;

Precisão: que engloba uma execução eficiente e precisa;

Power House (centro da força): que trabalha a ideia de centralização da força muscular na região abdominal, estabilizando a coluna.

Além disso, com seu foco na respiração controlada e na qualidade do movimento – não na quantidade de repetições -, muitos especialistas concordam que o Pilates é uma das melhores práticas físicas para quem tem mais de 50 anos.

Como são os aparelhos utilizados no método Pilates?

Pilates, assim como Ioga, pode ser realizado com apenas um tapete. No entanto, também pode envolver o uso de diversos aparelhos e acessórios, dependendo da modalidade.

O Pilates engloba uma série de diferentes exercícios – todos com a mesma premissa de objetivo e execução. O peso estabelecido para a realização dessas práticas é o do próprio corpo e o auxílio de alguns aparelhos/materiais específicos pode ser requerido.

Entre eles, estão os quatro principais equipamentos do Pilates: Cadillac, Ladder Barrel, o Reformer e a Step Chair. Dentre os acessórios comumente utilizados, podemos citar a bola, os elásticos, a rampa e a caixa. 

Quais são os principais benefícios do método Pilates.

Os benefícios do método Pilates justificam sua crescente procura, especialmente entre o público a partir dos 50 anos. Ainda em dúvida de por que o Pilates conquistou um público fiel entre os mais velhos? Além de proporcionar melhora no bem-estar do corpo, a prática traz importantes ganhos, incluindo:

Melhora a flexibilidade;
Promove tônus e força muscular;
Ajuda a fortalecer os ossos;
Melhora a postura;
Promove bem-estar e relaxamento;
Ajuda a melhorar o funcionamento do sistema respiratório;
Fortalece a coluna;
Melhora o equilíbrio e a coordenação motora;
Ajuda no controle do peso;
Melhora a disposição;
Viabiliza melhor concentração e controle emocional.

Como é o Pilates para quem tem mais de 50 anos?

O público nessa faixa etária costuma ser bastante fiel em relação à prática do Pilates. Isso porque a atividade foge dos padrões tradicionais e oferece muito mais do que um treino físico. O Pilates estabelece uma relação entre a saúde do corpo e da mente, contribuindo de forma abrangente para nossa qualidade de vida.

E, para quem tem mais de 50 anos, ele ajuda em termos de manutenção de força, flexibilidade e equilíbrio, que são essenciais para a realização de atividades de rotina e para manter e melhorar a mobilidade.

Muitas pessoas dessa idade também praticam Pilates para buscar ganho de energia e disposição, diminuir dores e ter amplitude de movimentos para se manter ativo.

É importante destacar que várias atividades de Pilates podem ser realizadas sem sustentação de peso, enquanto se está deitado, reclinado ou sentado, e praticamente sem impacto, o que é especialmente benéfico para lidar com o envelhecimento das articulações.

Assim, o método oferece os benefícios de outros programas de exercícios sem os riscos de lesões. O Pilates também pode ser integrado à reabilitação de procedimentos cirúrgicos, como uma prótese de quadril ou cirurgia de joelho.

Um instrutor certificado será capaz de modificar os exercícios de Pilates para melhor atender às necessidades individuais de cada praticante, incluindo aqueles que têm osteoporose, pressão alta, diabetes ou outras condições. Essa adaptabilidade é outro dos motivos para o sucesso do Pilates.

Ainda, o Pilates, aumenta a consciência corporal e ajuda a prevenir quedas – afinal, postura, equilíbrio, respiração e força são todos elementos fundamentais do Pilates. Essa atenção ao aumento da coordenação e estabilidade é crucial para quem tem mais de 50 anos, pois pode ajudar a melhorar o movimento funcional, incluindo o equilíbrio.
 
Por fim, destacamos que o Pilates oferece uma espécie de experiência mindfulness, pois demanda que o participante se concentre em como o corpo se sente no momento presente. Este tipo de prática está também relacionado a mudanças nas áreas do cérebro associadas à dor e transtornos como ansiedade.

E então, o que achou dos benefícios e de por que o Pilates conquistou um público fiel entre os mais velhos? Pensa em adotar essa prática para melhorar sua qualidade de vida? Deixe sua resposta aqui nos comentários. Até a próxima!

Quer saber mais sobre como cuidar de sua saúde? Clique aqui

+ vistos

Saúde

Descubra os conteúdos mais acessados pelos usuários Viver a Vida na última semana

Alimentos que nutrem: Dicas de combinações poderosas para deixar a sua alimentação mais saudável - Viver a Vida

Alimentos que nutrem: Dicas de combinações poderosas para deixar a sua alimentação mais saudável

Um aprendizado que 2020 nos trouxe foi a necessidade e a importância de nos preocuparmos […]

Abrindo a mente (e o corpo) para os Grandes Elementos - Viver a Vida

Abrindo a mente (e o corpo) para os Grandes Elementos

Vamos começar respirando fundo pra esse começo de viagem. Se você é mais conservador […]

Sem tabus: libido e o sexo permanecem após os 60 anos. - Viver a Vida

Sem tabus: libido e o sexo permanecem após os 60 anos.

Embora muitos acreditem que sexo é coisa para jovens e adultos, ele também é […]